Confira: O Primeiro satélite no Espaço de Entrada de Dados

BBoUUQ9

© Engadget

O projecto da “The ESA’s and Airbus Defence and Space’s ambitious European Data Relay System (EDRS)” chegou a um evento importante no dia 29 de janeiro do ano corrente. Libertando o seu primeiro sistema satélite-laser para o espaço a bordo de um foguete a partir de Cazaquistão, um país da Ásia Central, ex-república soviética.

O satélite está agora a caminho da sua posição geoestacionária nos arredores da Europa, onde vai estar instalado girando em direção à terra. O projeto EDRS, conhecido também como “SpaceDataHighway – Espaço de Entrada de Dados”, foi creado com objectivo de instalar uma constelação de satélites geoestacionários que poderá receber e transmitir dados em tempo real.

O satélite irá fornecer um serviço rápido eficaz na comunicação entre satélites, aviões, naves espaciais e estações terrestres. O satélite será instalado em órbita baixa da Terra observando o planeta, podendo, por exemplo, transmitir dados para um nó de comunicação da EDRS via laser. O EDRS pode transmitir imediatamente informação para a terra, e os usuários podem acessá-la em tempo quase real.

Satélites baixos operandos na Terra normalmente transmitem dados a partir de uma estação terrestre particular, antes destes dados serem transferidos para as localizações pré-definidas. Sendo extremamente útil para missões de resposta a desastres e salvamento aeronáuticos e marítimos, já que permitiria socorristas fazer downloads de fotografias e outros dados necessário urgentemente.

O primeiro nó que foi implantado no dia 29 de janeiro, será usado por Satélites Copernicus Sentinel – Copérnico Sentinela” da Comissão Europeia que monitoram o meio ambiente a partir de cima. No próximo ano, a ESA & EDRS  vão lançar uma segunda combinação de satélite por laser. 

AngoForGeeks,

Por Uma Angola Melhor

Anúncios