Telemóveis Android, iOS E Tvs Inteligentes Sob Vigilância Da CIA

Recentemente uma investigação feita pela WikiLeaks, uma organização destinada a revelar informações altamente secretas do Governo Norte-Americano, e de outros governos. Revelou no seu site, que uma série de documentos que supostamente expõe táticas que a Agência Central de Inteligência norte americana (CIA – Central Intelligence Agency) usa para invadir os nossos dispositivos(Telemóveis, Tablets, Computadores, e Carros com tecnologias de ultima geração) rastreando e ouvindo nossas conversas, e tendo acesso a mensagens privadas.

De acordo ao site de noticias-CBS News, na passada terça-feira 7 de março de 2017. WikiLeaks revelou mais de 8.700 documentos, com um código de nome “Vault 7”, afirmando ser parte de um arquivo confidencial da CIA que apontam que a agência de espionagem norte-americana consegue escutar conversas através de telemóveis, tablets e televisões, assim como atacar computadores remotamente.

Como WikiLeaks pode ter acesso a documentos confidenciais como estes?

Segundo a organização”WikiLeaks”, por um descuido, a CIA perdeu o controle de um ficheiro que descrevia detalhadamente de como os nossos dispositivos são atacados. O ficheiro chegou às mãos de “antigos hackers contratados pelo governo norte americano de maneira não autorizada, e alguem deste grupo de hackers forneceu os arquivos ao WikiLeaks”.

Aqui vamos nós?

Suponhamos que as informações expostas publicamente pela WikiLeaks contra as acções tomadas pela CIA sejam veridicas, de maneiras que a Agência Central de Inteligência norte americana (CIA – Central Intelligence Agency) não consiga provar o contrario. A CIA pode ter equipado nossos dispositivos com uma variedade de tecnologias de última geração, tecnologias estas, que poderão ser usadas para a atacar e obter informações encriptadas usada por outras aplicações seguras(por exemplo o WhatsApp), permitindo que a CIA ataque nossos telemóveis, TVs inteligentes, computador e até mesmo os nossos routers domestico. Isto é, tudo aquilo que nós possuímos conectados à internet.

Agora, em poucas palavras em uma análise feita, aqui está o que a CIA diz:

É claro que a CIA não avaria de confirmar ou negar se os documentos revelados pela Wikileaks são verdadeiros, mais em contrapartida a CIA respondeu dizendo: “mesmo que os documentos revelados fossem verdadeiros, é do tipo, você sabe, o trabalho da CIA é de espionar pessoas, o que não deixa de ser verdade, mais CIA conforme decrivida em alguns series e filmes baseados em factos reais só esta autorizada a operar fora dos Estados Unidos”… E onde fica a privacidade do resto dos cidadões fora dos Estados Unidos.

Agora Confira o que realmente a CIA declarou em sua defesa

Em declarações a CIA, via CBS News diz que:

“Não temos comentários sobre a autenticidade dos supostos documentos de inteligência divulgados pela Wikileaks ou sobre o estado de qualquer investigação sobre a origem dos documentos, mas há vários pontos críticos que gostaríamos de fresar:

A missão da CIA é colher agressivamente inteligência estrangeira no exterior para proteger os Estados Unidos contra terroristas, e outros adversários. É um trabalho da CIA sendo inovado, de ponta, é a primeira linha de defesa em proteger este país de inimigos no exterior. América não merece nada de mais.

Também é importante notar que a CIA está legalmente proibida de realizar uma vigilância eletrônica dirigida a indivíduos aqui em casa, incluindo os nossos colegas americanos, e a CIA não o faz. As actividades da CIA estão sujeitas a supervisão rigorosa para garantir que elas cumpram plenamente com a lei dos EUA e a Constituição.

O público americano deve estar profundamente perturbado por qualquer divulgação feita pela Wikileaks projetada para danificar a capacidade da Comunidade de Inteligência para proteger os Estados Unidos contra terroristas e outros adversários. Tais divulgações não só comprometem o pessoal e as operações dos EUA, mas também dão aos nossos adversários ferramentas e informações para nos prejudicar “.

Seja quais foram as razões que levaram a CIA a cria um projecto como este, e se os relatórios forem verdadeiros, dê uma olhada abaixo de quais os dispositivos a CIA pode hackear:

  1. Telefones Android
  2. IPhones
  3. Routers
  4. Computadores com o Sistemas Operativos: Windows, Linux, iOS, e outros mais.

 

AngoForGeeks,

Por Uma Angola Melhor

Anúncios